Praça Roosevelt, em SP, terá Wi-Fi gratuito da Prefeitura

Em fevereiro, o secretário municipal de Serviços de São Paulo, Simão Pedro, deu declarações afirmando que a cidade seria coberta por internet sem fio gratuita -algo considerado utopia por especialistas. Três meses depois, saíram os primeiros lugares que serão atendidos pela rede.

Divulgada pela Folha de S.Paulo, a lista inclui Pateo do Collegio, vale do Anhangabaú e praça Roosevelt, no centro; Terminal São Mateus, praça Lions Clube e praça Dilva Gomes - Cohab, na zona leste; e Largo Treze, praça dos Cartógrafos e praça Adão Domingos de Morais Filho, na zona sul.

Ao todo, 120 pontos constam na primeira fase do projeto, mas no início apenas essas áreas do centro e oito praças terão Wi-Fi gratuito, como período piloto.


O edital para contratação de empresas que fornecerão o recurso, segundo a Folha, será publicado nos próximos dias. Cada escolhida ficará com lotes de 18 praças, contemplando também a periferia.

A rede terá de estar disponível durante as 24 horas do dia a uma velocidade mínima de 512 Kbps por usuário. E a conexão precisa suportar, por exemplo, acesso a vídeos e ferramentas de VoIP.

No primeiro momento, os usuários não terão de fazer cadastros para aproveitar a novidade, mas isso pode ser implementado, caso haja demanda. E a empresa também garantirá que tem como identificar alguém, se for necessário.

0 comentários:

Postar um comentário



Regras dos comentários

1. Todos os comentários são lidos e se possível respondidos.
2. Não serão toleradas faltas de respeito.
3. Se possível comente e faça de nós um grupo feliz.
4. Caso comente como Anónimo o seu comentário será anulado!
5. Caso o link não Esteja Pegando Deixe um comentário avisando!

Obrigado